quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Sobre a vida...


O que é buscar a felicidade?

Eu poderia responder isso com frases comuns e já prontas, e até rimar uns versos só para dizer mais uma vez que viver vale demais à pena. Poderia até deixar impressas as minhas conclusões malucas sobre o que penso de tudo. Só que agora, de maneira muito simples, eu quero escrever sobre a vida. Eu preciso que as letras se entrelacem e construam sentidos e deixem uma mensagem bonita, sem clichês. Eu tenho aprendido muito e cada vez mais, cresce em mim essa necessidade de estar bem, de viver cada instante e querer que isso seja eterno, mesmo que digam que nada é para sempre.

As pessoas podem não mais voltar, os sonhos talvez nem se realizem, mas, mesmo assim, eu quero estar até o fim acreditando, teimando e insistindo. Eu quero ter coragem de ir quando alguém me chamar. Quero provar o gosto que tem; quero dizer que não gostei ou que foi o que mais gostei na vida. O que não quero é olhar para trás e ver um vão, ou um meio caminho andado. Não quero ter somente lembranças, quero trazê-las até mim. Eu aprendi que na vida nada é mais importante do que o hoje.

Os sonhos de nada valem se não forem exageradamente vividos. E pra viver um sonho é necessária muita coragem. Aquele que a vida toda pensou em como poderia ter sido, comete o pior dos erros. Não tenho e nem pretendo ter grandes ambições. Já vislumbrei coisas impossíveis e sei que há um limite além do céu, além de tudo. Mas, onde pretendo chegar? Penso eu que as pessoas desejam estar felizes, porque buscam a felicidade como se fosse uma pedra rara, e por ser rara, atribuem valores altíssimos a ela.

E vivem a procurá-la nos outros e nas coisas. A felicidade é antes de tudo, um achado particular. Já somos felizes. O que nos falta é aprender a compartilhar as felicidades. Se há em mim algo tão valioso, devo achar no outro também. Parece tão simples, e realmente é. Estar bem é uma escolha e ser feliz não é uma obrigação ou uma procura desesperada. Confesso, eu encontrei o que a maioria procura como se fosse uma caixa esquecida em algum lugar. E o que de fato me faz viver, é entender tudo isso da maneira muito simples. Nada de segredos ou fórmulas. Nada de complexo ou inalcançável. Simplesmente aqui, dentro da gente e aí, dentro de você, e, por todos os lados.

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP