quinta-feira, 1 de julho de 2010

Um sentido exato


Não é necessário um tempo,
apenas os sentimentos contam.
E quando um sorriso se desprende,
os pássaros entoam melodias raras,
as cores avivam-se aos olhos
e vida ganha mais vida.
As coisas antes desentendidas
tornam-se simples
quando dois se tornam um só,
num mundo perfeito onde
o coração se embriaga,
a alma dança ao tocar de sinos
e as certezas descansam
na verdade que somos.

4 comentários:

  1. Posso te contar um segredo que parece mentira mas posso te jurar que é a mais pura verdade? Fiquei tanto tempo sem vir aqui e em outros blogs. Falta de tempo,tananam... mas especialmente no seu caso, eu não vinho aqui porque seria inevitável não me emocionar, eu que já estava com os sentimentos a flor da pele. Então, eu evitei. Agora, talvez, eu já possa voltar...

    Suas palavras são encantadoras.

    ResponderExcluir
  2. Gu, meu pedaço de vento! Que saudade! Fico tão feliz com suas palavras. Você é lindo! Gosto desse sentimento a flor da pele que você diz. Gosto de viver assim, na beleza e na verdade que só a poesia proporiona!

    Um beijo, saudade!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP