sexta-feira, 31 de julho de 2009

Juras



Meu coração repousa no teu peito.
Amiúde, ouço-te:
-Amo-te. Amo-te mulher.
-Sentes? Meu peito destoa.
-Eu te amo.
-Canta uma nova canção pra mim?
-Sim, ouso cantar para ti.
- Ficas comigo até o último dia de sol?
- Sim, serei teu sol pra sempre.
- Roubarás todos os beijos meus?
- Serei o mais astuto ladrão.
- Já és, roubastes meu coração.
- Tu és linda. Gosto do teu querer.
- Cuidarei dos teus olhos, eles me cultuam.
- Faz-me sorrir como um menino?
- Faço. Tu és menino, sorria.
- Deixa-me esperar tua chegada com flores?
- Que sejam rosas, as mais belas rosas.
- Dança comigo mesmo sem saber?
- Tu és o meu ritmo, minha melhor melodia.
- Escreva versos pra que meus olhos leiam?
- Todos os versos sempre foram teus.
- Ama-me sem dizer a ninguém?
- Só tu sabes, e a ninguém mais precisa ser dito.

Um comentário:

  1. Eita esses versos de menina mulher,amante e romantica...cativam e encantam como somente tu és capaz de fazer....

    Saudades minha flor...muitas saudades....


    Beijos saudosissimos

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP