quarta-feira, 10 de março de 2010

Dos anos que se passam


E o que passa e se esquece
dos anos que se findam
Sem que a vida se apresse.

Viver é o que agora de fato tenho feito.
Feliz de mim que sou assim e não de outro jeito.

3 comentários:

  1. Isso: Feliz de TI! Ti e mais ti. E mais ninguém. Por que só depois de ti vêm os outros quer queiramos quer não, porque vivemos connosco e temos um corpo que se reflecte num espelho qualquer. Feliz de ti e de mim. Felizes todos os que vivem com prazer e auto-respeito. E é isso. :)

    Beijoooo enorme!

    Ps.: Eu também ando um bocado atarefado e desligado da blogosfera, mas já me prometi que tenho que vir cá mais vezes. Não posso deixar dominar de tédio.

    ResponderExcluir
  2. ...
    Então tá, se é aniversário, Parabéns!!!!
    Beijo no rosto
    e abraço na alma!
    ...

    ResponderExcluir
  3. Não precisa pressa pois há tempo para tudo...

    Alegrar-se este é o quinhão.

    Abraços!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP