quinta-feira, 3 de junho de 2010

O amor é que me voa....

Abismo

Composição: Jorge Vercillo / Ana Carolina

Bem daqui onde estou já não dá pra voltar
Nas alturas do amor onde você chegar
Lá eu vou
E o que mais a fazer a não ser me entregar?
a não ser não temer
O abismo em seu olhar ou é mar?
Ah, ah, ah...No seu olhar...
Não há precipícios na vertigem do amor
Só descobre isso quem se jogou
Não sou eu que me faço voar o amor é que me voa
E atravessa o vazio entre nós pra te dar a mão
Não sou eu que me faço voar o alto é que me voa
Meu amor é um passo de fé no abismo em seu olhar
Ah, ah, ah...No seu olhar
Ah, ah, ah...
Me vejo andar no ar lá no abismo lindo no seu olhar
Não há precipícios na vertigem do amor
Só descobre issoquem se jogou
Ah, ah, ah...No seu olhar
Ah, ah, ah...
Me vejo andar no ar lá no abismo lindo no seu olhar
Ah, ah, ah...No seu olhar
Ah, ah, ah...
Me vejo andar no ar lá no abismo lindo no seu olhar

4 comentários:

  1. Ouvi três vezes...

    Linda, linda!

    ResponderExcluir
  2. Ouvi uns mil! Linda, né, Anjo! Gosto de músicas que nos toca a alma.

    Beijo, minha linda!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP