segunda-feira, 4 de maio de 2009

Apontamentos


Passei a acreditar em vãs colocações vindas de palavras velhas.
Sei agora o que são falhas e não escolhas.
Tenho a compaixão desprendida das dores derradeiras,
pois carrego o peso das respostas certas.

É ruim viver de certezas.

É incerto viver por aqui, sem as possíveis perdas.
É sábio entender do que é feito um sentimento,
porém, é dolorido aceitar quando há repentinas quedas.

Não há sempre uma sincera razão no receio,
Porque dele parte a dúvida infundada.
É como se tudo fosse construído de um fim e de um meio.
E partisse de um princípio de nada.

É fácil amarrar as insuportáveis mentiras.
Difícil é desatar as falsas tiras.


Jacque

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP