sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Segredo


Sentir solidão a dois.
Sentir tanto ao ponto de extasiar-se.
Sem culpas ou promessas.
Culpas não existem.
Promessas jamais se cumprem.
Ser livre é prender-se num segredo.
Num beijo roubado.
Num canto só nosso.
Sentir solidão a dois.
Fazer de dois um só.
Dividir um medo.
Não saber como agir com as mãos.
Tocar um corpo aflito.
Esquecer os olhares frívolos.
Dias e horas,
sermos insensatos com a razão.
Dou-te um segredo.
Devolva-me outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP