domingo, 29 de novembro de 2009

Enquanto tu dormias

Um feixe de luz se debruça sobre os pinheiros. A terra emana o cheiro ainda recente da chuva da noite passada. Alguns pássaros saltitam nos galhos brincando com as folhas das árvores. O dia vem de braços abertos, acalentando todos os detalhes que gosto, desde o ressaltar das cores das rosas ao imponente jequitibá moldurado pelas folhas da nova estação. Encontro-me nesses traços, refaço-me no brilho celeste que banha meus olhos dando-me vida, oferecendo-me possibilidades. A vida é tudo isso que vejo agora. O amor, o entendimento maior e a compreensão de qualquer desacerto.Tu és meu barco nesse mar de pensamentos.

Amo-te tanto, e nessa simplicidade grandiosa do que sinto, ouço a melodia mais harmônica, vejo as paisagens mais lindas, porque faço da minha vida poesia e sentimento. Exageradamente sinto, e tu sabes disso. Sinto teu abraço nessa hora, quando lentamente teus braços me tocam, pedindo-me esse carinho só nosso: Eu amo você. Tu me amas? Então sorrio, e digo-te, olhando nos olhos, os versos que escrevi, enquanto tu dormias:

Ao passo que essa luz contempla o nascer do dia,
meus olhos perseguem o seu tranqüilo sono.
Vejo-te como o mar respirando em calmaria,
e tenho em mim, a única certeza: Tu és o homem que eu amo.

4 comentários:

  1. Os de amor são os meus preferidos. Onde perdemos todo o pudor para declarar os verdadeiros sentimentos da alma. Obrigado pelo comentário em blog. Estou te seguindo. ^^

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Nossa *________*
    mega superação .
    Achei tao perfeito este texto!
    Principalmente com essa declaração
    no final !

    Magnífico !

    :*
    bj

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Viva o amor esse sentimento lindo que une dois seres. Um abraço minina é lindo viva o amor intensamente.

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP