quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Quando há amor

Aprendi que ao invés de dizermos: “Não acredito nisso”, devemos dizer: “ Me faça acreditar nisso”. Tenho verificado a mim mesmo. Tornei-me egoísta aos olhos de muitos, infeliz, quem sabe... Isso já não mais é a mim, uma preocupação, afinal, quem sabe dos outros? Desde que, aprendi de mim, não sei de ninguém. Eu não quero ser modelo de nada, nem dona de verdades as quais muitas vezes, só eu acredito. Eu quero ser eu como tenho sido, isso realmente me traz uma paz infinita. Eu assumo todas as minhas imperfeições sem medo de mostrar a cara, antes, ponderava certas coisas, hoje, não mais.

Eu deixei de ter medo, penso demais em mim e estou amando como jamais amei em toda a minha vida. Sim, meus caros, eu amo, e isso é a minha verdade absoluta. O amor me fez entender tudo o que hoje sou e sinto. Só conseguimos amar alguém quando desesperadamente nos amamos. Eu amo você, pois, diante de todos, você compreendeu e me ensinou que “eu” sou a pessoa mais importante pra mim. E quando isso acontece, o amor existe de fato. Há então, o meu amor e o seu amor, que juntos, são o nosso amor.

13 comentários:

  1. ...
    As experiências da vida nos tornam mais leves,
    e no momento oportuno, tudo fica mais claro.
    Ótimo dia pra você.
    Beijos.
    ...

    ResponderExcluir
  2. Flor!!

    Quando há amor, tudo fica mais fácil e os dias são todos coloridos, mesmo chuvosos...


    Um grande beijo, adoroooo passar por aqui!!!

    ResponderExcluir
  3. Ahhh... que lindo! Gosto tanto de ver o amor acontecendo, onde quer que seja, e gosto ainda mais quando ele acontece com pessoas que são queridas por mim. Vejo ai muita maturidade, e também muita firmeza em seus pensamentos. Seja feliz, amiga Jacque, é tudo que te desejo!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Amar a si próprio significa ir bem dentro de nossos corações e perguntar sinceramente o que se passa com ele e o que ele espera da gente.
    Difícil.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Em outras palavras: Amar é dar voz ao coração.

    ResponderExcluir
  6. E é isso que este ser humano anda a proclamar há décadas: O amor começa em nós, de dentro para fora, como quem gosta primeiro do que sente em relação aos outros. :D

    Beijo, Jacque.
    E desculpe a minha ausência.

    ResponderExcluir
  7. Que bom que se ama, pois eu acredito que para amar o próximo primeiro deve sentir amor próprio.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Julio...

    A vida nos ensina...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ju!

    Obrigada. Onde há amor, há vida e verdades...

    Um beijo, obrigada por sempre me acompanhar.

    ResponderExcluir
  10. Daniel, gostei muito disso:
    "Amar é dar voz ao coração."

    Essas palavras dizem tudo.

    Um beijo, obrigada por sempre estar aqui!

    ResponderExcluir
  11. Luis, é o que sempre falamos. Amar a si mesmo, isso é uma verdade mais que absoluta.

    Beijo, não se preocupe, eu sei dos seus afazeres. Desejo boa sorte nos exames" :)

    ResponderExcluir
  12. Angel, isso é maravilhoso, não é? Ai..ai..
    Realmente, meus pensamentos encontram em fim, terra firme.

    Beijo, minha linda!

    ResponderExcluir
  13. Mikaele, obrigada pela presença. Se amar, é o primeiro passo para entendermos do amor.

    Beijo! :)

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP