quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Almas nossas


Soa a valsa ao longe
Sobe aos céus os pássaros
Desgarra a folha o vento
Rutila o desejo nas faces
Nossas faces
Todas elas
Sou a sua sombra
Sombra que habita igual
No beijo da sua boca
Nas mãos da sua alma
Nas almas nossas
Salvas em nós

16 comentários:

  1. Que imagem, que texto !
    Puro dom da poesia flor.

    Um amor , em todas as suas formas .
    Beijos doces :*

    ResponderExcluir
  2. "Sou a sua sombra
    Sombra que habita igual
    No beijo da sua boca
    Nas mãos da sua alma
    Nas almas nossas
    Salvas em nós."

    voce fez eu me lembrar de uma pessoa com esse seu texto.. ♥
    ah! jacque,tipo, me diz o que voce acha de uma "poesia" minha que está no meu blog (post mais recente) fiz no ano passado =D e como voce tambem é 'poetica' queria saber o que voce acha,okay? beiijs ;*

    ResponderExcluir
  3. Adorei a imagem e o texto.
    Almas nossa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Só pode ser amor. E nada mais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Se não for amor, não sei...

    Bjinhos
    Mah

    ResponderExcluir
  6. Oi Linda. Parece que entro em outro mundo ao vir aqui, tudo tão bonito, de bom gosto, tão bem cuidado. Seus versos me fazem pairar por alguns segundos, como se pudesse levitar por um breve instante ao lê-lo. Isso sim é que é poesia.

    ResponderExcluir
  7. Amei teu poema, sensível e muito bonito!
    beijo, excelente semana

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gio! Bonita imagem, não é? Parecem mesmo almas que se encontram... realmente inspiradora!

    Um beijo, minha pequena Clarice!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Pri! Que bom que te fez lembrar alguém especial. Minha linda, eu não consigo acessar seu blog! Não sei o que há. Mas, irei tentar amanhã de novo. Eu adoro ir lá, você escreve muito bem, e eu me sinto honrada em saber que minha opinião é importante pra você. Prometo que amanhã tento de novo.

    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
  10. Mikaele, que bom que gostou! Como eu disse a Gio, a imagem é mesmo inspiradora!

    Um beijo! Obrigada pelo carinho de sempre!

    ResponderExcluir
  11. Daniel, o amor não precisa de mais nada.

    É amor!

    Um beijo, obrigada pelo carinho de sempre!

    ResponderExcluir
  12. Mahria... Não há de ser outra coisa.

    Obrigada, por sempre pssar por aqui. Gosto muito da sua presença.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Júlio! O amor é lindo, não é? Tudo que vem do amor encanta. Minhas palavras se traduzem em versos pra dizerem do amor que sinto agora... E realmente: ELE É LINDO!

    Um beijoooooo, te adoro!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Sávio! Quanto tempo! Eu fico imensamente feliz em saber que meus versos despertam em você sensações tão maravilhosas. Gosto muito do seu canto... Lá há a mais pura poesia. Tudo também tão cuidado e cheio de verdades... Isso é poesia, a nossa poesia... A poesia de todos nós.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  15. Sônia, minha grande poeta! Bom demais saber que gostou. Gosto de tudo que "os ventos da ilha" me trazem. Amo seu blog!

    Um beijo!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP