segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Se...

Se perguntares por onde andei?
Direi que andei nos versos dos teus versos
e nas palavras que junto a ti um dia eu jurei....
...

Se perguntares do que aprendi do meu andar,
irei dizer que muito ainda não sei,
mas, minhas certezas irão reafirmar,
que na vida eu somente amei.
...

Se disseres que me viu chorar pelo caminho,
irei confirmar cada lágrima desse meu pranto,
pois, por devoção a ti, acertei meu desalinho,
e meu sorriso converteu-se em seu encanto.

...
Se quiseres saber ainda mais do meu amor,
Abrace junto comigo o infinito de todas as dimensões.
Se quiseres saber da felicidade e não mais da dor,
saiba que juntos somos a cura de nossas imperfeições.


* Inspirações vindas do blog do Júlio, onde lá a partir de um comentário, surgiu a inspiração para estes versos...

20 comentários:

  1. ...
    Se quiseres saber do meu agrado
    Não consigo parar esse sorriso bobo, descontrolado
    ...
    Mas não sei se ainda lembras
    Que sou apenas um menino
    Sonhador e inconstante
    Encantado pelos versos que desenhas
    ...
    Beijos Jacque, é por isso que gosto de tuas letrinhas.
    ...

    ResponderExcluir
  2. Bela inspiração. Belos versos.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. hehe acabei de passar por lá..
    hum, realmente inspirada..
    beijos!!

    :)

    ResponderExcluir
  4. Só poetas que inspiram poetas. É assim a lei da literatura.

    Beijo, Jacque

    ResponderExcluir
  5. tudo tão bonito, tão feminino... despojado... leve e original...
    voltarei muito por aqui.
    abraço e admiração do
    Roberto.

    ResponderExcluir
  6. Tão belo e sensível...nunca se sabe da onde vem a inspiração do poeta. A questão é como traduzir essa bruma que passa por nós? Essa é uma linda maneira!

    ResponderExcluir
  7. olá Jacque

    Lindo, inspirador fico impressionado e feliz que suas palavras refletem um dom maravilhoso,o de saber colocar as palavras no tempo do coração.

    um abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jacque

    Lindooo!

    Amo chegar aqui e encantar-me com versos tão bonitos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Santa inspiração então! O poema ficou muito, muito bonito!
    beijos, ótima semana

    ResponderExcluir
  10. ficou lindo, né? Eu adoro teu blog! Ele é mesmo inspirador!

    Um beijo, meu amigo!

    ResponderExcluir
  11. Vinicius, obrigada! Volte sempre!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  12. Dani, como eu disse: Lá é inspirador!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Luis, realmente poetas se inspiram!

    Um beijooooo!

    ResponderExcluir
  14. Primeira Pessoa, obrigada pelo carinho! Volte sempre. Será um prazer tê-lo aqui!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  15. Rodrigo Braga, eu sempre me inspiro pelas verdades da vida. Uma simples flor, uma lágria; um sorriso, um gesto de amizade; um beijo esperado... Uma tristeza até... A vida é inspiradora!

    Um grande beijo, volte sempre!

    ResponderExcluir
  16. Fabiano, que lindo isso: "...colocar as palavras no tempo do coração.." Gostei muito disso.

    Um beijo, gosto muito das suas opiniões!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  17. Marcia, gosto muito de você aqui! Obrigada pelo carinho de sempre!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  18. Sônia, os "ventos da ilha" também me inspiram gerandemente. Sempre estou por lá.

    Um beijo, minha amiga poeta!

    ResponderExcluir
  19. Rian, obrigada pelo carinho.

    Beijo!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP