sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Só pra você, minha dádiva

Não tem jeito, eu simplesmente fico perdida em seus olhos. É como se o mundo realmente fosse uma coisa a parte. Seu jeito me deixa desequilibrada. Quando falo parece que não falo. Se sorrio, tento ponderar para não parecer boba. Você é tão lindo, de alma tão serena... E o teu riso? Ahh... é a mais perfeita poesia pra mim. Quando estou junto de você meu mundo ganha cores de primavera. Meu coração sorri. Vejo estrelas em plena luz do dia. As nossas estrelas, do nosso próprio universo.

Cuida de mim, cuida? Assim como tem feito, com uma palavra amiga, um gesto solidário, um carinho exato, desprendido de interesses... Somos movidos por essa paixão adulta e gostosa, cheia da necessidade boa um do outro. Gosto de te olhar com desejo, sentir seu corpo pedindo o meu da maneira mais louca que há. Somos assim, não é? Somos eu e você feitos dessa coisa boa. O que faremos? Não sei. Mas, sei que faremos.

Eu gosto de te cobiçar, olhar suas formas, acompanhar seus gestos de mão, o jeito como conduz uma conversa me desejando de uma maneira que me faz arrepiar a pele e sempre te desejar do jeitinho que você é. Não vejo a hora de te beijar de novo, te tocar e dizer o quanto sua presença me faz bem, e que sou feliz demais por ter você ao meu lado.
Eu amo, adoro e desejo você da maneira mais intensa que há. Um beijo.


Um comentário:

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP