quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Minha vida é um barco abandonado



Com a alma comovida segue meu coração peregrino.
No pequeno barco abandonado ao intranqüilo acaso.
E a nuvens lentas, seguem juntas as margens esquecidas,
ao passo que as águas desenham o lago raso.

São uns gestos inocentes esses que desprendo.
Deito-me na solidão, deixo dizerem aquilo que nem sou.
Ouço sempre, já não mais me importa. Eu me rendo.

Posso levar qualquer problema, tudo aceito.
Mas, hoje no meu dia austero e triste,
Fiquei na companhia do meu pior defeito,
e sigo a navegar nesse barco que nem existe.

Tenho semelhança com coisas esquecidas,
e, já não me assusto em seguir viagem.
São assim minhas horas mal vividas,
pois, acostumei-me com a solidão da paisagem.

Pensei ter quem me guiaria nesse calmo tormento,
e junto a mim, enfrentaria o que sempre enfrento.
mas, num barco abandonado, vi que ninguém quer estar dentro.

5 comentários:

  1. Tambem deito me na solidão, procuro aguas calmas pra poder remar, me perco nesse infinito de sonhos, mas acredito que, sempre alguem vai querer entrar nesse barco e faze lo navegar...beijos querida e um belo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Um belo poema Jacque. Falas da solidão de um barco e nesse encontro um barco abandonado. É de fato as vezes nos sentimos assim. Mas passam as marés altas e ai voltamos a navegar por mansas águas. Um abraço serei teu seguidor pois é lindo teu blog e tua poesia perfeita.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Everson pelo carinho de sempre. Antônio, à mim é uma honra te-lo como seguidor. Tu és um poeta admirável, e teu elogio engradece-me a alma.

    ResponderExcluir
  4. BOA NOITE! LINDO POEMA...SUCESSO E MUITA PAZ..BJS

    ResponderExcluir
  5. Solidão, difamação, e uma certa sensação de decadência. Adorei o poema!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP