segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Na simplicidade do amor



Observo as folhas já lavadas pela chuva. O verde é ressaltado pelo brilho dos primeiros raios de sol que rasgam as nuvens que se dispersam depois de mais uma noite chuvosa. Há tanto encanto nas coisas pequenas. Há esperança no verde dessas folhas. Esses contornos únicos das flores que se desprendem dos galhos, as gotas acumuladas, a sensação fresca de se estar diante da perfeita sintonia. Céu, sol, flores, folhas... Nós.

Olho pela janela e o vejo contemplando toda essa paisagem simples, acolhedora e tão cheia das coisas que agradam aos olhos. Fico velando teu sorriso ao longe e teu gesto livre de abrir os braços, respirando fundo o ar desta nova manhã beijada pela chuva tranqüila de antes. Acompanho teu sorrindo, faço-me sorrir também. Quando te viras e avista-me na janela, carinhosamente joga-me um beijo e diz baixinho: “Eu te amo”. Meu suspiro profundo, minha mão junto ao peito e o desprender dos meus lábios, retribuem tuas palavras e junto a esse momento, uma lágrima escorre minha face, fazendo transbordar toda emoção que sinto em te amar como amo.

Encontro-te lá fora, seguro firme tua mão, olho-te nos olhos, toco suavemente teus lábios com a ponta dos meus dedos enquanto tu fechas os olhos e encosta teu rosto no meu, e num abraço, nossos corações juntam-se à sintonia do que somos. Tão simples é o amor. A vida é tão simples. E assim, seremos para sempre, pois nada vem ao acaso. Tudo é perfeitamente traçado, como a chuva desprendida das nuvens, as folhas e flores orvalhadas resplandecendo o brilho dos céus. Assim, é o amor que temos, feito tão somente da simplicidade grandiosa que esse sentimento significa.

Um comentário:

  1. Lindo texto, Jacque...
    Cheio de emoção e escrito com muita sutileza...
    Beijão
    ^^
    Cuide-se hein

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP