quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Versos



Por muitos dias de infinito espaço,
aniquilei qualquer palavra, deixando um verso mudo,
pra dizer-te tantas vezes, e, sem cansaço,
que somente amo-te, além de tudo.



Um comentário:

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP