sábado, 5 de dezembro de 2009

Hoje, eu sou menina



Hoje, eu sou menina
Não corrompam meus sonhos!
Quero que um menino beije minha mão
Quero que ele me dê flores
E escreva nossos nomes num coração
Quero deitar na grama e olhar as nuvens
E concordar com ele que elas são feitas de algodão
Quero trocar uma carta
Dizendo qualquer verso puro
Quero pedir que ele que se case comigo
Mas, antes disso, me encontre atrás de um muro
Pra dizer que não quer ser apenas meu amigo




Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP