domingo, 13 de dezembro de 2009

Sigo...

Sou o que há entre o segredo e a revelação.
Vivo na desordem dos pensamentos.
Não procuro os caminhos mais fáceis.
Não vivo como se minha vida fosse outra.
Apenas conceituo minhas imperfeições.
Sou duas, tenho dito.
Feita de extremos.
Do amor ao ódio.
E nessa loucura necessária que sustenta a alma,
Sigo olhando além das coisas...

3 comentários:

  1. Acho que somos todos um pouco bipolares...

    ResponderExcluir
  2. Se não fôssemos a vida seria uma chatice só, concorda?

    ResponderExcluir
  3. não sou só duas...sou várias...e também tento me equilibrar no desequilíbrio dos pensamentos. sou uma mulher!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP