sábado, 2 de janeiro de 2010

Uma saudade, uma canção...

"Que bom que nos encontramos; você é aquele detalhe que faz valer a pena todo o resto; é o segundo de coragem que me fez ver o infinito, compreender o verdadeiro sentido do belo..."
Quando isso é dito de forma verdadeira, não há como duvidar dos sentimentos sinceros, esses, vindo do coração, que ao olharmos nos olhos de quem diz, enxergamos a mais pura verdade. Eu encontro em seus olhos todas as verdades que sempre procurei. Isso que sinto agora, me faz entender os tantos desentendidos aos quais me fizeram perdida. Você tinha razão, eu iria sentir demais a sua falta. Que bom que ouço a sua voz me dizendo coisas bonitas. Eu vou te esperar como eu já disse, porque eu sei que essa espera vai realmente vale a pena.


A canção que me faz só pensar em você...


Um comentário:

  1. Grato por seguir o Poema/processo. Dei uma geral no seu blogue (visualmente muito bonito). Também a seguirei, através de visitas regulares. Nina Rizzi tem um blogue muito bom (o Ellenismos), voltando-se mais para a palavra em estado substantivo. Como o faço, aliás, no Balaio.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP