domingo, 31 de janeiro de 2010

Entre flores, versos e violinos...


Eu creio na comum divindade entre eu e as flores.
Então, fito-as discretamente e em paz sorrio,
e faço dos constelados do céu meus expectadores,
deixando à eles as verdades nesses versos que eu crio.

Não complico mais as coisas simples de antes,
e meu coração não mais se embriaga.
Não anseio em saber como serão os meus instantes.
preocupo-me agora é com verso que por aqui divaga.

Contemplo minha alma dançar ao tocar de sinos
Adormeço no amor que me vez tudo entender.
Descanso minhas certezas ao som de violinos.
Amanheço como quem acaba de nascer.


*Inspirações vindas de Caeiro e do amor que sinto.

20 comentários:

  1. LINDO DEMAIS *---------*

    AIN eu amo flores.

    beijo flor :*

    ResponderExcluir
  2. Jacque, vejo ai paz, simplicidade, um viver o presente, felicidade, e os causadores de tudo isso, o tempo, a maturidade e o amor. Que perfeito! O amor nos deixa belos, felizes, tranquilos. Dizem que somos felizes sozinhos? Somos, é verdade, mas somos ainda mais felizes ao lado de quem nos ama.

    Lindo, Jacque! Me deu vontade de sentir tudo isso.

    :)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Foda-se!!!!!!!!!!!!!!! aqui o JE também sabe fazer poesia, pois é. Aproveita e tenha um bom dominguinho na santa paz!

    Ó se7emeio me revela
    Tua rica inspiração
    Tu fala coisas tão belas
    Que tomam o meu coração.

    Tu vives sem medo
    Da inspiração
    Fodes essa gentinha bem cedo
    Proclamas muito tesão.

    Tua escola é natureza
    Tens vocação e escreves bem
    Tens talento e esperteza
    Tens jeito e brilho também.

    Tens uns se7es muito bons
    Tens algo especial
    Tens harmonia nos sons
    Tens algo e coisa e tal.

    O teu escrever tem ternura
    Graça e generosidade,
    É escrever de alma pura
    Belo hino à liberdade.

    Nos recreias a falar
    Enfeitas a blogosfera
    Oh! Inspiras a odiar
    O amor te espera.

    Tens o dom do diabo pra cantar
    A falar és um amor
    Dás lições para louvar
    Certamente ao blogueador.

    A cantar até consolas
    Todos que te escutam
    Harmonia desenrolas
    Nos corações que labutam.

    Escreve e fala se7emeio
    Inspira-me cada dia
    Teu falar aquece o meu meio
    Espalhando tesão e alegria.

    Louvas quem criou este blogue
    Enquanto escreves encantas
    Escreve e deixa-me grogue
    A tristeza tu espantas.

    Em tua escrita há riqueza
    Esperança e fervor
    Oh! Escreve pois a grandeza
    Do divino blogueador.

    Belo blogue imigrante
    Vai cantar pra outro país
    Tens um cantar edificante
    Vai à merda e sê feliz.

    Se7emeio adorado ser
    Fodes todos que merecem
    Todos querem te foder
    De ti não esquecem...

    ResponderExcluir
  4. ...
    [amanheço como quem acaba de nascer]
    ...
    Que beleza...
    ...
    Beijos pra ti, Jacque querida.
    ...

    ResponderExcluir
  5. Jacque...eu vim aqui tão cabisbaixo, tão down, e vou sair daqui com um sorriso nada enganador e muito engrandecedor a minha alma, ao meu ser.

    Como te agradecer por isso?

    Incontáveis abraços.



    "Que seja doce"

    ResponderExcluir
  6. Jacque...

    Belissimo poema!

    Beijos
    AL

    ResponderExcluir
  7. [o par da palavra poema, onde, nesse espaço sideral, se encontra? é éstátua? é quadro antigo? é onde, esse pedaço de geometria descritiva da letra? é onde, quem fui?]

    um imenso abraço, Jacque

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  8. Gio, minha linda! Que mulher não ama flores? Hehehe!

    Beijo, minha linda, te adoroooo! Minha doce Clarice!

    ResponderExcluir
  9. Angel, minha escrita reflete tudo o que realmente sinto. Se você ler meus textos anteriores, irá perceber a diferença que se dá. Hoje, realmente há paz. É uma paz que me remete a pensar sempre na simplicidade das coisas. Ir até ao âmago do entendimento de você mesmo, da forma mais verdadeira. Hoje, não mais vejo. Hoje, enxergo. Isso relete nos versos. Todos podem viver isso, porque há em nós a crença como tantas vezes eu disse. Basta acreditar sempre.

    Um beijo, minha linda Angel!

    ResponderExcluir
  10. Se7e/5,

    Hum... Há certa poesia aí...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Júlio, nascemos todos dias, e o melhor de tudo é que, para cada novo dia, trazemos o aprendizado do dia anterior, e isso... É muito bom! É uma soma de conhecimento que se renova a cada nova chance. Então, temos a oportunidade de reconhecermos erros, aprendermos e principalmente tirar boas lições de tudo que passamos.

    Um beijo, meu lindo, obrigada pela doce presença de sempre!

    ResponderExcluir
  12. Carlo, eu sei que nem sempre estamos de bem com a vida. Há momentos em que tudo que queríamos era entender certas coisas. Diante disso tudo, sabemos que temos dentro de nós algo bem mais forte que qualquer sentimento triste. Fico imensamente feliz em saber que aqui o sorriso brotou em seu rosto lindo. Me agradecer? Não há o que agradecer, apenas olhe pra você com olhos de coragem, ficarei feliz por isso e você também, meu amigo.

    Que seja doce, sempre.

    Um abraço desses demorados!

    ResponderExcluir
  13. AL,

    Obrigada por vir aqui sempre, e deixar impressões sempre tão sinceras. Isso é demasiado importante pra mim.

    Um abraço, meu amigo poeta.

    ResponderExcluir
  14. Leonardo,

    Lmebrei-me de Sá Carneiro quando diz:

    Quem sou ele?

    Os meus versos que dizem de mim, me permitem perguntar diante do que sou: Quem sou ela?

    Nesses versos sou paz.

    Um beijo, meu amigo poeta! Obrigada pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  15. Ah, linda! Então deixe sua alma dançar assim, livre! Sinta! E que lindo é sentir, não? Eu venho aqui e meu coração se enche de alegria. OBRIGADO!

    ResponderExcluir
  16. Gu, meu lindo! Sentir é maravilhoso! E ver a alma dançar... Ah, isso eu sei que você sabe mais que ninguém! Fico imensamente feliz em saber que seu coração alegra-se! Isso me enche de orgulho!

    Um beijo, meu lindo!

    ResponderExcluir
  17. "Contemplo minha alma dançar ao tocar de sinos
    Adormeço no amor que me vez tudo entender.
    Descanso minhas certezas ao som de violinos.
    Amanheço como quem acaba de nascer."

    Fechou com chave de ouro.
    Parabéns, muito bonito.
    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Oi, Daniel!

    Esses versos me fizeram sentir uma leveza indescritível. Imaginei mesmo minha alma bailando ao som de sinos e descansando ao som de violinos para nascer de novo no outro dia.

    Que bom que você gostou.

    Um beijo! Obrigada pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  19. Lindas doces sábias palavras.
    "Não complico mais as coisas simples de antes,
    e meu coração não mais se embriaga.
    Não anseio em saber como serão os meus instantes.
    preocupo-me agora é com verso que por aqui divaga."
    Essa estrofe nos oferece o exemplo da maturidade que o tempo nos tráz, é o momento em que já somos capazes de perceber a importancia e a sintonia das coisas simples, da natureza. "Eu creio na comum divindade entre eu e as flores.". A maturidade nos traz um estado de paz : "Contemplo minha alma dançar ao tocar de sinos
    Adormeço no amor que me vez tudo entender.
    Descanso minhas certezas ao som de violinos.
    Amanheço como quem acaba de nascer.". Para mim, esse texto trata de um momento de paz, de perfeita aceitação com si própria. Amei.

    ResponderExcluir
  20. Yaasmiin, gostei da sua análise. Gosto quando as pessoas se identificam com o que escrevo. Isso pra mim, é a maior de todas as motivações. Tenho escrito de paz, pois minha alma sente plena. Não há como ser diferente. O mais interessante é que sou extremamente inquieta, isso jamais irá mudar. Consegui encontrar um certo equilíbrio e quando escrevo, me acerto ainda mais.

    Obrigada por sua presença aqui! Seja bem vinda ao Poética.

    Um beijo!

    ResponderExcluir

O que sentiu sua alma?

Vida

Vida
Há muito o que ser escrito...

A quem siga vivendo de alegria ou agonia... Eu sigo vivendo da minha alegre e agonizante poesia.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

  © Blog Design by Simply Fabulous Blogger Templates

Back to TOP